Sucesso após MTV

29/06/2011 15:55

Será que existe mesmo a maldição da MTV? Muitos dizem que quando um VJ deixa a emissora, ele nunca mais terá sucesso. Mas será que isso é verdade?

O Famosidades está aqui para provar que não. Nós fizemos uma lista com 10 ex-VJs que saíram da emissora musical e que continuaram com uma carreira de sucesso.

Fernanda Lima, Zeca Camargo, Sarah Oliveira e Maria Paula são alguns dos nomes que estão na nossa lista. O restante você confere a seguir.

 

Fernanda Lima apresentou o programa “Mochilão MTV” em 1999. No mesmo ano, ela foi contratada pela Rede TV! para apresentar o “Interligado” e o “TV Escolha”. No ano 2000, Fernanda voltou para a MTV e comandou o “Luau MTV”, “Mochilão MTV” e o “Fica Comigo”. Em 2004, ela deixou a emissora e foi para a Rede Globo substituir Angélica no “Video Game”. Também na Globo, estrelou duas novelas e ganhou o próprio programa: “Amor e Sexo”.

Zeca Camargo foi um dos primeiros VJs da MTV Brasil, tornou-se diretor de jornalismo do canal e apresentou o programa “MTV no Ar” e o “Semana Rock”. Em 1994, foi para a TV Cultura e também trabalhou na revista “Capricho”. Desde 1996, faz parte do dominical “Fantástico”.

 

Maria Paula também fez parte da primeira geração de VJs da MTV e apresentou programas de videoclipes. Em 1994, se tornou a oitava casseta do programa “Casseta e Planeta, Urgente”. Hoje, o programa já saiu da grade da Globo, mas a trupe continua unida e deve vir novidade em breve.

 

Carla Lamarca venceu um concurso e virou VJ da MTV, mas não ficou muito tempo por lá. Na emissora musical, apresentou o extinto “Disk MTV” e o “Jornal da MTV”. Depois de uma temporada na Europa, Carla foi contratada pelo canal pago Fashion TV e em 2008 estreou o “FTV Mag”. Depois de uma participação em “Ti-Ti-Ti”, ela voltou às telinhas na novela “Insentato Coração” como a secretária Célia.

 

Marcos Mion iniciou a carreira no dominical “Sandy & Junior” e foi para a MTV apresentar os programas “Supernova” e “Piores Clipes do Mundo”. Deixou a MTV em 2002 e foi para a Band comandar o “Descontrole”, que depois passou a ser chamar “Sob Controle”. Em 2005 bateu saudade. Mion voltou para a MTV e esteve à frente do “Covernation” e de outros programas também. Desde o ano passado, ele comanda o “Legendários” na Rede Record e levou com ele outros colega da antiga emissora: o elenco de “Hermes & Renato” e João Gordo.

 

Astrid Fontenelle foi a primeira pessoa a anunciar a estreia da MTV em 1988. “Barraco MTV", "Pé na Cozinha” e “Disk MTV” são alguns dos programas que foram apresentados por Astrid. Ela ficou na emissora até meados de 1999 e foi para a Rede Bandeirantes, onde não teve muito sucesso. Em 2007, Astrid se mandou para o GNT para apresentar o “Happy Hour”, que chegou ao fim no ano passado. Astrid permanece no GNT e está à frente do “Chegadas e Partidas”.

 

A ex-VJ Sarah Oliveira chegou à MTV para substituir Sabrina Parlatore nos programas “Disk MTV” e “Top 20 Brasil”. Depois de cinco anos na emissora, Sarah recebeu um convite da Rede Globo para fazer parte do “Video Show”. Em 2009, ela saiu do programa para virar repórter do “Mais Você”. No ano passado, Sarah ganhou o “Conexão Direta” no canal pago GNT e continua contratada do canal.

 

Didi Wagner estreou na MTV no ano 2000 ao lado de Marcos Mion no “Supernova”. Também apresentou o “Top 10 EUA” e o “Uá-Uá”. Em seu últimos anos de MTV Brasil, esteve à frente do “Balela MTV” e do interativo “Videoclash”. Hoje, Didi faz parte do time de apresentadores do canal Multishow e comanda o “Lugar InComum”. Com a atração, Didi já viajou para vários lugares do mundo e morou em Nova York e Londres.